Olimpia de Jesus Cardoso Fortuna

Indique como conheceu CRMEN ANTUNES DE MATOS FORTUNA (Carmita): datas, lugares, circunstncias?
Conheceu Carmita na J.A.C.. Chegou a ir com a Carmita de comboio ao Faralho, Praias do Sado participar em reunies animadas pela Carmita. Gostava muito da forma como Carmita falava do Evangelho. 
 
seu familiar e em que grau?
Cunhada. Casada com NUNO ANTUNES DE MATOS FORTUNA irmo da Carmita

Foi sua conhecida?
Conviveu muito com a Carmita dada a proximidade em que viviam, na mesma Aldeia, e depois de ter casado com o irmo as suas residncias eram muito prximas. Ajudou-a muito a criar os filhos que a Carmita foi adoptando, Quando casou o Evaristo (o mais velho) tinha 3 meses. Depois da morte da Carmita, ou melhor, quando ela adoeceu gravemente, ficou na sua casa com o Fernandinho, que ficou at casar.

Descreva, brevemente, algum ou alguns episdios da vida de CRMEN ANTUNES DE MATOS FORTUNA que, a seu ver, so mais significativos: a sua famlia, a educao, o relacionamento com a sociedade de ento.
A sogra vivia com a Carmita. Viveu sempre as dores que a Carmita suportou ao criar os filhos (sobretudo o mais velho) que lhe deram muitas preocupaes a vrios nveis. Uma vez que casou com o irmo Nuno, e como disse eram vizinhas, teve como de calcular muito convvio com a Carmita, que foi madrinha da sua filha mais velha, Redeno (So). Na casa da sogra todos os dias ao sero toda a famlia, irmos, cunhados, sobrinhos rezavam o Tero. A Carmita procurava dar aos filhos a melhor educao que lhe era possvel como me, fazendo tambm as vezes de pai. Procurou que os filhos recebessem a educao crist, catequeses e frequentassem o CNE. A Carmita, neste captulo fez um grupo com os sobrinhos e os amigos dos sobrinhos que se chamou os Vagabundos da Montanha, com um nome de bicho e que procurava dar espiritualidade crist e valores cvicos. Carmita foi uma grande entusiasta das idas para a Serra da Estrela, onde, a famlia e os amigos mais chegados, passavam uma semana de frias, e todos acabavam por aproveitar da Carmita muitas lies de vida, sobretudo a importncia da coisas pequenas que fazem grande a Vida. Fazia-se um jornal, onde os protagonistas apareciam nos artigos os nomes dos "bichos". 

Virtudes da sua personalidade, humana e espiritual. Conte factos concretos.
Participou num Cursilho em que a Carmita j fazia parte da equipa responsvel e que num dos "rollos" se apresentavam assim: "Sou me solteira, um de cada pai", causando grande burburinho entre os participantes. S depois de conhecerem a vida de Carmita, as participantes caiam em si e percebiam aquela frase. Carmita estava sempre com bom humor apesar da dores da doena que a acometeu bem cedo e das preocupaes em criar os seis filhos que adoptou. Recorda-se que foi a Carmita, numa altura em que as campanhas de ddivas benvolas de sangue eram pouqussimos, quem iniciou a ddiva benvola de sangue na Quinta do Anjo porque se apercebeu que precisando de sangue para ser operada havia doentes no IPO que no tinham sangue e no tinham quem lhes desse. Ento, a Carmita recusou-se a ser operada enquanto no houvesse sangue para todos. Foi ento que com a ajuda do irmo Antnio (Dr. Antnio de Matos Fortuna "Tio Tino") comeou a organizar-se a Ddiva de Sangue na Casa do Povo. Mais, tarde passou para a Parquia, sendo o primeiro dador durante muitos anos o primeiro Bispo da Diocese de Setbal, D. Manuel Martins. 

Tem algo a dizer sobre a sua vida de orao, de unio com Deus na vida quotidiana?
A Carmita rezava falando com Deus num dilogo muitas vezes em voz alta, agradecendo os acontecimentos do dia. Alm disso, a Carmita era de missa dominical, e rezava o Tero todos os dias com os irmos como se disse. Fazia tomando apontamentos o seu exame de conscincia dirio.

Que opinio tem acerca do seu zelo pela glria de Deus e pela salvao do prximo?
Do que disse anteriormente parece que resulta evidente que o que viu fazer cunhada Carmita s o fez pelo grande amor que tinha a Deus, ao prximo e Igreja. Carmita sempre se preocupou com o bem dos outros, sobretudo ,com os filhos que criou esquecendo-se de si prpria. Para ela estava sempre tudo bem, mesmo sabendo no seu ntimo que no estava oferecendo penas e dores ao Senhor num louvor Vida.

H fama de santidade em CRMEN ANTUNES DE MATOS FORTUNA?
Acho que sim, que h. Para mim, uma santa a quem peo muitas vezes a intercesso.

Trata-se de simples opinies (parece que era, ouvi dizer) ou de algo substancial?
Acha que recebeu favores da Carmita por ter pedido a sua intercesso, na unidade da sua famlia.

Seria oportuno iniciar o processo em ordem canonizao de CRMEN ANTUNES DE MATOS FORTUNA?
Sim.

Porqu?
Porque acha que o testemunho de vida da Carmita pode ajudar muitos a procurarem ser to bons como ela.
 
OLIMPIA DE JESUS CARDOSO FORTUNA
Recebido a 11 de Novembro de 2012